Aula aberta sobre declaração do imposto de renda 2021

O professor mestre Roberto Garcia, docente da disciplina de Fundamentos Financeiros e Contábeis dos cursos de Gestão, ministrou uma aula com tudo sobre o Imposto de Renda 2021. Além disso, o evento contou com a mediação do professor Lucas Lima e a abertura da coordenadora Cida Bucater.

A Faculdade Phorte abriu esse espaço, como acontece todo ano desde 2018, para que os alunos e convidados pudessem tirar todas as dúvidas sobre imposto de renda e restituição.

Durante a live, os participantes foram tirando suas dúvidas com o professor, que mostrou na prática como é feita a declaração no site da Receita Federal.

Imposto de renda 2021

O imposto de renda é uma tributação obrigatória para os trabalhadores e cidadãos brasileiros cujo rendimento seja enquadrado nos pisos de contribuição da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Segundo o professor Roberto: “Este imposto incide sobre a renda e os proventos de contribuintes residentes no país ou residentes no exterior que recebam rendimentos de fontes no Brasil”.

Até agora, a Receita Federal já recebeu mais de 15 milhões de declarações de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2021, ano-base 2020, ou seja, 40% do que é esperado. A expectativa é de que sejam entregues 32 milhões de declarações.

Ainda pelas estatísticas da Receita Federal, 60% das declarações terão restituição, 21% não terão imposto a pagar nem a restituir, e 19% terão de pagar imposto.

Quem deve declarar o imposto de renda em 2021?

De acordo com o site da Receita Federal, está obrigado a apresentar a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) quem:

• recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70, ou rendimentos não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40.000,00;

• obteve receita bruta anual decorrente de atividade rural em valor acima de R$ 142.798,50;

• teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro do ano-calendário, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.

Estas são algumas das exigências que tornam obrigatória a apresentação da declaração, cujas regras completas você pode conferir no site da Receita Federal.

Mas, fique ligado, porque o prazo de entrega da declaração do IR 2021 foi prorrogado até o dia 31 de maio.

Artigos Relacionados

Comentários